I am a girl filled with dreams.

Para ti, tudo. #1

vintage


Avô,
É a tal altura do ano novamente. É nesta altura do ano que choro a ver a chuva cair. Que choro ao ouvir música. Lembro-me tão bem de tudo. Lembro-me de te ter a meu lado, de te ligar a dizer que faltava pouco tempo para vires cá para casa. Lembro-me de te contar tudo, de confiar em ti acima de tudo. Lembro-me tão bem e é por isso que choro. Porque daria tudo para voltar atrás, para te ter de volta. Fizeste uma promessa e no dia seguinte desapareceste. Não tive oportunidade de me despedir e ainda hoje a tua promessa assombra o meu pensamento. Sinto que não fiz nada do que tu estavas à espera para mim e, acima de tudo, sinto que tudo o que faço te desaponta. 
Gostava tanto de te voltar a ver sorrir. Dizem para eu te encontrar mas eu não consigo. Como encontrar alguém que já não existe? Eu sei que dizem que não deixaste de existir, que apenas partiste para um mundo melhor mas... É suposto eu ter de acreditar nisso? Quando não tenho sequer sinais de isso ser verdadeiro?
Estou a tentar ser forte, sorrio todos os dias, mas há algo que falta. E ainda para mais agora estou inserida num grupo de amigas que não compreendo como é que elas acabaram por "gostar de mim", elas estão constantemente a surpreender-me pela positiva. E tenho medo de as perder.
Queria contar-te isto em pessoa, sobre todos os problemas que estou a ter, mas em parte esses problemas são por saudade por isso, se ainda aqui estivesses talvez não tivesse tanto. Meu deus, sou tão egoísta. Mas... Acima de tudo sou honesta. Queria ter-te contado mil e uma coisas. Queria tanto. Mas se tivesse 5 minutos agora contigo iria apenas dizer uma coisa vezes e vezes sem conta: Adoro-te e obrigada por tudo.
MC

4 comentários:

Hibiscus disse...

É triste perder alguém que amamos tanto. Tens de ser forte e não podes pensar que o desiludiste ou que ficaram coisas por fazer, tens de tentar aceitar e tentar fazer as coisas como achas que ele iria gostar. Muita força :)

Nina Silva disse...

Gostei imenso do texto e lamento que o teu avô tenha morrido, mas um dia todos partem, querida. <3 Sê forte!

Patrice disse...

Que texto tão bonito, o teu avô de certeza que está cheio de orgulho :)
Força

Nea* disse...

Entendo-te, sinto o mesmo em relação à minha avó e ao meu padrinho.
Tens de ser forte e sei que parece cliché mas o tempo atenua as coisas, não digo a saudade, mas a capacidade de "seguir em frente"*