I am a girl filled with dreams.

Olhem.... é um desabafo.

(Desculpem a quantidade)

Untitled

Ás vezes penso que sou simplesmente um peão na tua vida. Sou demasiado tímida para arriscar tudo e, na verdade, sei lá no fundo que estaria a arriscar tudo por nada porque nunca sentirás o mesmo por mim. Odeio-me por ser assim, tímida, por estar calada quando estás comigo, corada no meu canto. Porque é que eu não posso ser como aquelas raparigas de quem gostas tanto que são tão alegres e divertidas? Sinto-me tão inútil quando estás por perto porque quero fazer parte da tua vida mas não tenho ideia como...
Depois concentro-me e começo a pensar que só nos conhecemos à 5 meses. Mas pensando bem, parece que nos conhecemos à séculos, no entanto ainda não consigo manter uma conversa contigo! A cada 5 palavras que digo penso "Será que estou a incomodar-te?"... 
E há sempre aquele medo de tu te aperceberes que eu sinto algo por ti. Um medo enorme. Quando não estás a fim de falar comigo, a primeira coisa em que eu penso é "Será que descobriste?!".
E admito que sou estúpida apaixonada, quando não estou contigo, quando falo, é sobre ti, e quando estou contigo, raramente falo. Isto é, quando tenho coragem de falar contigo.

"Força! Arrisca!"

Mas eu não sei como! A sério! Arriscar? Como?!

"Força! Vai lá falar!"

Mas sobre o quê?! Nem sequer sou da mesma turma que tu... Ando com a vida virada do avesso...

"Mas como é que te apaixonaste?"

 Assim do nada. Não estava à espera, juro. Quando te conheci já sabia quem eras à alguns anos e foi só uma questão de tempo até perceber que não conseguia parar de pensar em ti. Primeiro, admito, apaixonei-me pelo teu sorriso, pela forma como se completava com o brilho dos teus olhos. Segundo, pela personalidade que, admitamos é diferente de toda a gente, és alegre, sorridente! E por último apaixonei-me pelo teu todo, tudo em ti. 
Estou a escrever isto e a pensar "E se um dia já não gostar de ti?"... Mas isso parece tão impossível.. Porque mesmo quando penso que talvez não sinta nada por ti, quando te vejo passar, sorrir, falar, é como se me apaixonasse novamente. Não. Novamente, não. É como se ainda me apaixonasse mais do que já estou.

Sou horrível apaixonada. Estou praticamente sempre triste. Quando não estou triste... É porque estou contigo.

4 comentários:

Mara disse...

ohh, tens de ganhar coragem *

Pepper Girl ✝ disse...

Eu percebo te perfeitamente, sou imensamente timida, felizmente com o meu namorado foi facil conseguir manter uma conversa com ele. Tu tenta fazer o mesmo. Se falam e porque sao amigos, logo não te sintas intimdada nem fiques triste por não seres como as outras raparigas, talvez isso seja algo que ele so encontra em ti e em nais ninguém

Nea* disse...

Ai a timidez...

r: foi de ética e deontologia, a minha sorte é que aquela disciplina é "encher chouriços" porque se não...

Isabella disse...

força querida **